Cumprindo o segundo dia de visita, o Presidente da República saiu bem cedo para um encontro com as populações alojadas nos Mosteiros

image

Cumprindo o segundo dia de visita, o Presidente da República saiu bem cedo para um encontro com as populações alojadas nos Mosteiros . O Chefe de Estado visitou o centro de alojamento em Queimada-guincho onde falou com os alojados (crianças, jovens e idosos). Tomou conhecimento da situação dos desalojados no que toca às condições de habitabilidade e conforto.

Visitou as crianças que se encontram nesse espaço, tendo ficado muito satisfeito com a atenção dispensada pelos técnicos que, abnegadamente, dão o seu apoio a todos os afectados.

Jorge Carlos Fonseca aproveitou para defender um diálogo inclusivo na busca de soluções de residência para os moradores de Chã das Caldeiras bem como a melhoria de condições de habitabilidade dos desalojados.

Dois pontos foram enfatizados pelo Mais Alto Magistrado da Nação:

Primeiro - a coordenação nas estruturas de apoio para fazer com que os apoios disponibilizados cheguem às pessoas necessitadas;

Segundo - a necessidade de darmos um sinal claro de que o esforço principal para apoiar as pessoas afectadas é feito pelos cabo-verdianos.

Seguiu-se o encontro com os idosos e deficientes no Centro de Idosos dos Mosteiros, coordenado pela irmã Maria do Carmo Borges.

No período da tarde, o Presidente da República fez um percurso à volta da ilha passando pelas zonas de risco nas localidades de Igreja, Pai António, Corvo, Achada Grande, Relvas, Tinteira, Cova Figueira, Patim, chegando finalmente a S. Filipe

.

::: Veja as imagens (clique para ampliar) :::