PR: Acordo de Proteção do Alto Mar das Nações Unidas é um grande ganho para a Humanidade

9

O Presidente da República saúda “com emoção” o Acordo de Proteção do Alto Mar alcançado no sábado entre os Estados Membros das Nações Unidas, e que prevê, entre outras, as bases para o estabelecimento de áreas marítimas protegidas, o que deverá facilitar o compromisso internacional de salvaguardar pelo menos 30 % dos oceanos até 2030. “Os recursos marinhos ficam assim muito mais protegidos. Um grande ganho para a Humanidade. Podemos, com esse cintilante acordo, proteger mais amplamente este importante património comum que é o mar”, frisou José Maria Pereira Neves.

Tratar-se-á de um tema caro a Cabo Verde, enquanto Estado insular, em particular ao Presidente da República que, pelo trabalho feito enquanto Primeiro-Ministro e atualmente na qualidade de Presidente da República, na promoção da proteção dos mares e promoção da economia azul, valeu-lhe recentemente a nomeação para Champion (Líder) da Preservação do Património Cultural e Natural de África, na plenária da União Africana.

Ainda quanto a referido tratado, este oferece, segundo noticia o jornal português, «Público. PT», uma base legal para definir áreas marítimas protegidas, de modo a prevenir e evitar mais eficazmente a perda de biodiversidade. Estão ainda previstas reuniões periódicas de fiscalização deste tratado.

Veja a mensagem do PR, na Íntegra, aqui:

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=6399653830058379&id=100000414770749&sfnsn=mo&mibextid=RUbZ1f