PR à descoberta de Santo Antão com a Terrimar

7

O Presidente da república, José Maria Neves, efetivou, este sábado, mais uma jornada de descoberta das riquezas do país, desta feita, pela ilha de Santo Antão, onde foi conhecer o trabalho realizado pela ONG ambiental Terrimar. Um trabalho que merece ser dado a conhecer pela sua importância e pelo impacto que está a ter, por exemplo, na preservação das tartarugas marinhas nas praias de Porto Novo e, também de Ribeira Grande.

O PR Neves visitou a sede da referida ONg e ficou a conhecer aos detalhes todo o trabalho desenvolvido, também, na preservação de aves marinhas e outras, assim como na preservação de plantas endémicas, tendo, inclusive, participado numa campanha de plantação de árvores, na escola do ensino básico de Tarrafal de Monte Trigo, assim como numa ação de entrega de tartaruguinhas ao mar, na Praia do Armazém, na cidade de Porto Novo. Também, visitou o parque de Campo Redondo e o acampamento de conservação de tartarugas marinhas, em Tarrafal de Monte Trigo.

O regresso a São Vicente aconteceu a bordo do navio veleiro holandês, Oosterschelde, que se encontra há alguns dias já entre Santo Antão e São Vicente, numa expedição de cientistas denominada Darwin200. A expedição pretende revisitar os principais pontos de passagem de Darwin, além de outros introduzidos, numa volta ao mundo que demorará cerca de 2 anos e em que se pretende ilustrar o legado de Darwin, enquanto ambientalista e conservacionista, e sensibilizar a população, a nível mundial, sobre as principais ameaças que o nosso planeta enfrenta.

Durante a sua estada em Cabo Verde, a missão Darwin tem estado a realizar trabalhos de preservação ambiental em Santa Luzia, ilhéu Raso e Santo Antão, em parceria com a Biosfera e a Terrimar, promovendo ainda programas de treinamento para jovens ambientalistas e voluntários cabo-verdianos. Aliás, uma das metas do Darwin 200 é, precisamente, conseguir a envolvência de 200 jovens embaixadores, os chamados “líderes Darwin”, nos 32 portos onde deverão ancorar nessa viagem pelo mundo.

A ideia é ajudar a preparar esses jovens líderes Darwin para que esses, por sua vez, possam inspirar outros nas suas comunidades a abraçar a causa ambiental para um futuro melhor para o planeta e toda a humanidade.

Essa missão do PR a Santo Antão e, também, a São Vicente, onde estará até à segunda-feira, a promover uma forte agenda ambiental, está enquadrada na sua agenda enquanto Patrono da Década do Oceano pela UNICEF, e enquanto Champion para a Preservação do Património Natural e Cultural de África. José Maria Neves promete exercer a sua magistratura de Influência para chamar a atenção para o trabalho das ONGs ambientais espalhadas pelas Ilhas e, por conseguinte, ajudar a conseguir apoios para o desenvolvimento das suas atividades.