PR chama atenção do mundo para desafios climáticos dos SIDS na COP-27

25

O Presidente da República, chegou ontem ao Egito, proveniente de Marrocos, para participar na COP-27 das Nações Unidas, a realizar-se em Sharm el-Sheik, Egito que decorre de hoje, 7 a 8 de novembro. Para além de marcar presença na abertura do evento, José Maria Neves será um dos intervenientes, já hoje, no Painel sobre o tema “Financiamento inovador para o clima e desenvolvimento”. Para além de chamar a atenção para a necessidade de se cumprir os acordos rubricados no Samoa Pathways (2014), e COP de Paris (2015), José Maria Neves pretende chamar a atenção para as especificidades e desafios dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (SIDS – Sigla em inglês) em relação às alterações climáticas.

Tal intervenção irá ocorrer entre as 13h30 e 15h30, hora local (três horas a mais do que Cabo Verde). O perigoso aumento gradual dos níveis das águas do mar, a acidificação dos oceanos, e que obrigam a uma gestão sustentável dos oceanos, são alguns dos aspetos que serão sublinhados pelo PR na sua intervenção de logo mais.

“Há uma proposta de Cabo Verde, no sentido de transformarmos a dívida em investimento climático. Isto é extremamente importante, se toda a dívida dos SIDS, dos países africanos em desenvolvimento for transformada em investimento climático, por exemplo nas energias renováveis, no hidrogénio verde, ou, então, se conseguirmos investir na educação, na saúde, no desenvolvimento sanitário, estaremos a criar as condições para termos melhores condições de vida em África”, frisara, na altura, o Chefe de Estado, na entrevista a anunciar a sua deslocação ao Egito, e que poderão aceder nas páginas oficiais do PR, com o título: «PR participa no Fórum MEDays em Marrocos e na Conferência da ONU sobre alterações climáticas

Reveja, aqui, a antecipação do PR, à sua intervenção, hoje, na COP-27:

 

 

O acordo de Paris significou um largo passo para a afirmação dos objetivos de neutralização da emissão de c arbono (CO2) referido pelo PR e que esta COP-27 pretende confirmar e avançar ainda mais na sua concretização. Saiba mais sobre o acordo de Paris:

Em inglês:

https://unfccc.int/process-and-meetings/the-paris-agreement/the-paris-agreement´

 ou em português

 

 https://www.consilium.europa.eu/pt/policies/climate-change/paris-agreement/

O Presidente da República, chegou ontem ao Egito, proveniente de Marrocos, para participar na COP-27 das Nações Unidas, a realizar-se em Sharm el-Sheik, Egito que decorre de hoje, 7 a 8 de novembro. Para além de marcar presença na abertura do evento, José Maria Neves será um dos intervenientes, já hoje, no Painel sobre o tema “Financiamento inovador para o clima e desenvolvimento”. Para além de chamar a atenção para a necessidade de se cumprir os acordos rubricados no Samoa Pathways (2014), e COP de Paris (2015), José Maria Neves pretende chamar a atenção para as especificidades e desafios dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (SIDS – Sigla em inglês) em relação às alterações climáticas.

Tal intervenção irá ocorrer entre as 13h30 e 15h30, hora local (três horas a mais do que Cabo Verde). O perigoso aumento gradual dos níveis das águas do mar, a acidificação dos oceanos, e que obrigam a uma gestão sustentável dos oceanos, são alguns dos aspetos que serão sublinhados pelo PR na sua intervenção de logo mais.

“Há uma proposta de Cabo Verde, no sentido de transformarmos a dívida em investimento climático. Isto é extremamente importante, se toda a dívida dos SIDS, dos países africanos em desenvolvimento for transformada em investimento climático, por exemplo nas energias renováveis, no hidrogénio verde, ou, então, se conseguirmos investir na educação, na saúde, no desenvolvimento sanitário, estaremos a criar as condições para termos melhores condições de vida em África”, frisara, na altura, o Chefe de Estado, na entrevista a anunciar a sua deslocação ao Egito, e que poderão aceder nas páginas oficiais do PR, com o título: «PR participa no Fórum MEDays em Marrocos e na Conferência da ONU sobre alterações climáticas.»

Reveja, aqui, a antecipação do PR, à sua intervenção, hoje, na COP-27:

O acordo de Paris significou um largo passo para a afirmação dos objetivos de neutralização da emissão de carbono (CO2) referido pelo PR e que esta COP-27 pretende confirmar e avançar ainda mais na sua concretização. Saiba mais sobre o acordo de Paris:

Em inglês:

https://unfccc.int/process-and-meetings/the-paris-agreement/the-paris-agreement´

 ou em português

https://www.consilium.europa.eu/pt/policies/climate-change/paris-agreement/