PR aborda desafios de Cabo Verde na UN

22
O Presidente da República, José Maria Neves discursa esta quarta-feira, à tarde, na 77ª Assembleia das Nações Unidas (UN), em Nova Iorque. A sua comunicação pretenderá mostrar um pouco o percurso e os desafios de Cabo Verde face à atual conjuntura mundial. Uma conjuntura que envolve a pandemia da COVID 19 e as suas nefastas consequências socioeconómicas, sobretudo, nos Pequenos Países Insulares (PPI), como o nosso. Isso, a juntar-se o conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia, com todas as suas consequências económicas à escala global.
 
Por essas razões, e pelas particularidades dos PPI e que acrescem ao desafio e ao custo de desenvolvimento de um país como Cabo Verde, José Maria Neves, assim como já o fez em outras ocasiões – inclusive enquanto Primeiro-Ministro – vai defender uma “atenção especial” para as Ilhas, tendo em conta, também, o impacto das alterações climáticas nesses países.
 
Outrossim, Neves pretende propor a realização de o desafio para a realização de uma Cimeira das Nações Crioulas em Cabo Verde, bem como assumir o protagonismo na defesa e promoção das culturas africanas.
 
Em antevisão ao momento de hoje, para o Jornal da Noite da RTC, o PR falou ao jornalista Marco Rocha ainda no que toca às necessidades de reforma na UN, para melhor responder aos desafios destes novos tempos, bem como o papel da UN na mediação de conflitos entre nações, como o que opõe Rússia e Ucrânia. Veja as declarações do PR, aqui na PRTV.