PR: A Política não é uma relação de amigo/inimigo

47

José Maria Neves aborda Carlos Veiga sobre situação política do país. O Presidente da República sublinhou esta segunda-feira, na sequência de uma audiência ao ex-Primeiro-ministro e candidato presidencial, Carlos Veiga, a importância da promoção de um diálogo e debate amplo sobre os principais desígnios nacionais, que tenham em conta a pluralidade de vozes na democracia cabo-verdiana. A política, destaca Neves, “não é uma relação de amigo/inimigo” e o país tem de ser capaz de aproveitar o capital de experiência que possui. Mobilizar, convocar os “Senadores da República”, em todos os partidos políticos “que se destacaram em algum momento, para a construção de um melhor Cabo Verde…” e, também, afirma, o papel do Presidente da República.

É nessa linha que José Maria Neves recebeu no início da tarde o Ex Primeiro-Ministro de Cabo Verde e candidato às últimas eleições presidenciais que elegeram José Maria Neves, tendo em conta, não só a experiência de Carlos Veiga, assim como a sua representatividade, com Neves a lembrar que o Veiga obteve mais de 40% dos votos nessas eleições de 2021.

“O Presidente da República deve unir e deve representar a todos e deve estar disponível para falar com todos no processo de construção de um Estado de Direito democrático, que se quer consolidado!”, enfatizou, chamando a atenção da classe política para um debate elevado e centrado na busca de soluções aos grandes desafios como a pobreza, as desigualdades sociais, as ineficiências na saúde, etc..

Reiterando a sua disponibilidade para dar o seu contributo naquilo que o Presidente da República entender, Carlos Veiga mostrou-se “basicamente” em acordo com a leitura do Presidente Neves, a reconhecer um elevado nível de “crispação” política, daí reforçar o apelo a este “djunta mon” por Cabo Verde

“É preciso que todos nós trabalhemos para que tudo decorra sempre melhor, para que as reformas se possam fazer e o prestígio de Cabo Verde e da nossa democracia continue a ser suportado por todos nós que participamos nesta gesta da cabo-verdianidade”, disse o antigo candidato às eleições Presidenciais de 2021.

Confira, na entrevista, na íntegra, as considerações do PR: