Disponibilidade da diáspora pode acelerar desenvolvimento do país

6

Esta é a certeza do Presidente da República ao falar para cabo-verdianos e seus descendentes a viver em Abidjan, no final desta tarde.

Para o Presidente, a pujança que Cabo Verde tem demonstrado em diversas áreas é resultado do aproveitamento das melhores capacidades dos que vivem no país e na diáspora.

Prova disso são as seleções das diversas modalidades desportivas, tamanha é a representatividade da diáspora. Por isso, o Presidente Neves está convicto que, se o país formar seleções nas áreas mais críticas, o desenvolvimento será mais rápido.

A comunidade em Abidjan acredita que o Chefe de Estado poderá apoiar na resolução de problemas como maior celeridade na regularização de documentos e menos burocracia para aquisição de nacionalidade para os descendentes.