MINDELO, 141 anos: Cidade baptizada com (o) nome de liberdade.

40
   

 

MINDELO, 141 anos: Cidade baptizada com (o) nome de liberdade.

Mindelo, espraiada sobre a sua baía, outrora cratera de vulcão, quando o planeta ainda se formava, completa hoje 141 anos da sua elevação a cidade. Está de parabéns, a nossa urbe dos poetas, pescadores, músicos e pintores, gente boa e empreendedora; comerciantes e empresários, atletas e intelectuais, que, ao longo do tempo, souberam fazer-se e assim ajudar a fazer o Cabo Verde aberto ao mundo, que hoje somos.

Mindelo do Porto Grande, da morna e da coladeira, de cicerones e sonhadores, navegantes e namoradeiros, das praças, ladeiras e becos, avenida marginal e montes vermelhos, em anfiteatro – nascida para o teatro da vida, rebolando ao som do San Jon e do Carnaval.
A cidade que respira esperança, a cada Fim de Ano, cantada por Divas e rocegadores, catraeiros e fogueiros, pintada a cada anoitecer.

Desejo as maiores felicidades às suas gentes, aos seus autarcas, aos seus admiradores, apaixonados e amigos, num abraço solidário e fraterno, em tempos de contingência, mas com o espírito franco e aberto, desejando, igualmente, ver o seu povo na rua, o mais rapidamente possível, multiplicando-se em mil gestos da alegria e sorrisos, com que sempre soube pintar o seu quotidiano.
Viva Mindelo!
Cidade baptizada com (o) nome de liberdade.

Jorge Carlos Fonseca

 

 

A imagem pode conter: céu, oceano, árvore, ar livre, água e naturezaA imagem pode conter: céu, oceano, ar livre, água e natureza