PR desafia municípios do Fogo a assumirem maior protagonismo

17

O Presidente da República encoraja os municípios de Cabo Verde a assumirem protagonismo no processo de desenvolvimento local, criando atitudes favoráveis e apostando no empoderamento das pessoas e instituições. José Maria Neves lançou o repto nesta segunda feira, ao encontrar-se, em São Filipe, com os autarcas dos três municípios da ilha do Fogo.

“Foi um encontro para falarmos sobre os desafios da ilha, para que Fogo possa ganhar uma nova dinâmica, possa acelerar o ritmo de desenvolvimento da sua economia e possa realizar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no horizonte de 2030”, referiu o Chefe de Estado, em declarações à imprensa no final do encontro.

Entre os desafios aos quais foi apelado a ajudar na sua concretização, o mais alto magistrado da Nação destaca as infraestruturas, nomeadamente a ampliação e modernização do aeroporto, a ampliação do Porto, e a conclusão do Anel Rodoviário do Fogo, além do desenvolvimento do turismo e da instalação do ensino superior na ilha.

Ouça as considerações do PR sobre o tema

Em nome dos autarcas locais, o Presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuias Silva descreveu a conversa “serena, muito boa e frutífera” que estes tiveram com o Chefe de Estado e que permitiu pôr em perspetiva a visão desses autarcas em relação ao desenvolvimento dos seus municípios e, também ao nível nacional, com estes a enfatizarem, igualmente, a infraestruturação como aspeto fundamental “para poder transformar as suas potencialidades em vantagens competitivas para o desenvolvimento”.

O encontro com os presidentes das edilidades da ilha do Fogo, refere-se, é um dos pontos da   visita que o Presidente da República efectua desde ontem à ilha do Fogo, enquanto Presidente da Honra do Centenário da Cidade de São Filipe.

Nesta quarta-feira, durante o período de manhã José Maria Neves visita as estruturas de saúde da ilha e encontra-se com os estudantes do 11º e 12º anos da Escola Secundária de Ponta Verde. À tarde a Presidência da República leva a Conferência sobre a Língua Materna à Casa da Memória, em São Filipe.