PR preside inauguração da primeira fase de obras de requalificação de Centro Lilica Boal

5

O Presidente da República é o convidado da Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) para presidir o ato de inauguração da 1ª fase de requalificação do Centro de Formação e Capacitação Profissional Lilica Boal, que acontece esta terça-feira, 26 de abril, às 15h00, em Tarrafal de Santiago.

As obras ora inauguradas comportam seis salas de formação, duas salas para o funcionamento do programa de Microcrédito da OMCV, um anfiteatro, uma biblioteca, receção, dois apartamentos T1 e um apartamento T0. Essas obras incluem ainda balneários e salas de apoio, num valor total orçado em aproximadamente 21,815,332$00 (vinte e um milhões, oitocentos e quinze, mil e trezentos e trinta e dois escudos). São cofinanciadores e parceiros deste empreendimento a OMCV, através da OM-Crédito, a Associação de Solidariedade Social Sociedade columbófila cantanhedense (Portugal), a Câmara Municipal de Tarrafal e CEFIS.  

Tratar-se-á de uma intervenção profunda e de relevo para a atividade presente e futura da OMCV. Isto, porque a estrutura previamente existente e construída na década de oitenta, e que tem funcionado, nos últimos quatro anos, como Centro de Formação e Capacitação Profissional, já se fazia insuficiente para a demanda local em matéria de formação e face aos desafios atuais da OMCV.

Entretanto, a Organização procura ainda parcerias para a execução da segunda fase da obra que prevê a edificação de nove suites, três apartamentos (um T2 e dois T1), cozinha e um bar-restaurante panorâmico.

Criada a 27 de março de 1981, a OMCV tem tido um papel de destaque nas questões femininas atuando nas mais diversas frentes, desde a saúde, saúde sexual e reprodutiva, aos direitos das mulheres, formação e capacitação profissional, microcrédito e atividades geradoras de rendimento, género, população e desenvolvimento, entre outros.

A participação de Sua Excelência, o Presidente da República, no referido evento é sinal do carinho e respeito que lhe merece essa instituição e da disponibilidade em apoiar, adentro as suas atribuições e possibilidades, as iniciativas da OMCV.

A matriarca do supracitado centro de formação e capacitação profissional, Maria da Luz Freire de Andrade (Tarrafal de Santiago, 1934), mais conhecida como Lilica Boal, é uma historiadora, filósofa, professora na escola Piloto, e ativista antifascista cabo-verdiana que lutou pela independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde e contra a ditadura do Estado Novo.

Foi a primeira mulher deputada cabo-verdiana, sendo também a única figura feminina da primeira legislatura da Assembleia Nacional de Cabo Verde.