Mensagem de felicitações de Sua Excelência o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, a…

4

Mensagem de felicitações de Sua Excelência o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, a Associação das Mulheres Cabo-verdianas na Itália (OMCVI), por ocasião da celebração dos 30 anos de existência.

Praia, 15 de Abril de 2018

Senhora Presidente da OMCVI,
Senhores Membros da OMCVI,
Caros concidadãos e amigos,

Neste que é um dia de celebração de uma efeméride especial para a vossa Organização – 30 anos de existência -, um feito digno de registo, regozijo e enaltecimento, gostaria de me associar a todos vós, em espírito de festa, para vos felicitar e desejar longa vida, com sucessos.
Felicitar vivamente todas as nossas mulheres que ousaram criar esta bem- sucedida Associação que, em tempos de dificuldades muitas, assistiu as nossas mães e irmãs que, devido aos arreveses da vida, buscaram o Itália como destino da emigração, deixando para trás os seus queridos e a terra natal, mas encontrando, em boa hora, um porto seguro na OMCVI, um abraço e apoios que, estou, certo, facilitaram a integração nesse país, então estranho e longínquo, mas amigo e acolhedor que é a Itália.
Dirijo uma palavra de apreço à OMCVI pelo papel reconhecidamente importante e insubstituível de apoio à nossa Comunidade na Itália, pelo trabalho desenvolvido no sentido da melhoria de condições de vida dos mais vulneráveis, da preservação e divulgação do património cultural de Cabo Verde, na criação da consciência de pertença de todos a Cabo Verdes. Tudo isso foi e tem sido garantido num espírito de abnegado voluntariado, solidariedade e amor à causa.
Desejo, pois, as maiores felicidades e longa vida à Organização das Mulheres cabo-verdianas na Itália e formulo votos para que, no cumprimento dos seus nobres objectivos, consiga vencer os obstáculos com os quais se bate, teimosamente, e, nesse caminho de luta, pode contar com a disponibilidade do Presidente da República para o «djunta mo» necessário e desejável para que os fins pretendidos possam ser alcançados.
A toda a comunidade cabo-verdiana, deixo o meu apelo para que sejam firmes na preservação dos sentimentos que a unem à terra de onde partiram e tenham em mente que Cabo Verde precisa de todos e de cada um de nós para se afirmar cada vez mais na direcção de uma sociedade moderna e socialmente justa.
Neste dia de celebração do seu 30º aniversário, o meu Bem-haja à OMCVI!

Caboverdianamente,
Jorge Carlos de Almeida Fonseca