06 | ABRIL | 2018 No período da tarde e, dando continuidade à visita,…

8

06 | ABRIL | 2018

No período da tarde e, dando continuidade à visita, desta feita em Ribeira das Patas, o Presidente da República fez a sua primeira paragem em Círio para contacto com a população dessa localidade e visita a uma unidade de produção de sumos.

Seguindo para Lagoa o Presidente da República passou pelas obras da ponte que liga as localidades de Ribeira da Cruz e Chã de Norte e a ponte que liga Ribeira de Colchete e Ribeira das Patas. Conforme o edil portonovense, trata-se de duas “obras de desencravamento e estruturante para o nosso município”, que liga toda a comunidade de Lagoa a Chã de Norte.

Chegado a Lagoa, uma comunidade com cerca de 500 habitantes, o Presidente da República notou, pelos relatos da população, que a falta de água é um dos maiores problemas, principalmente, neste ano de falta de chuvas, associado à falta de emprego e presença das autoridades para tomar conta da situação.

Queixaram-se da ajuda de emergência que, segundo eles, “abrangeu poucas pessoas dessa localidade e, também, os projectos de linha de crédito agrícola não chegam aos jovens”.
Sendo uma localidade de pouca dinâmica agrícola, ademais, neste ano de mau ano agrícola, preocupa-nos muito esta falta de água, daí que pretendemos fazer um furo para abastecimento da água já que as nascentes que existem são insuficientes”, sublinhou o edil.
Finalizou dizendo que nessa localidade, “cinquenta postos de trabalho é o mínimo que a edilidade pretende conseguir para os seus residentes”.
Seguiu-se para Chã de Morto e uma pequena paragem e visita a uma unidade de produção de sabões e conversa com populares na praça de Lagedos.

O Presidente da República terminou a sua visita ao município de Porto Novo com uma paragem em Ponto Sul/Chã de Mato.