Associação quer advocacia do PR às causas da Igualdade de género e luta contra VBG

30

A Associação Cabo-verdiana de Luta Contra a Violência Baseada no Género (VBG) quer a advocacia do Presidente da República para a questão da igualdade do género e o combate à VBG, fazendo uso da sua sensibilidade e interesse em contribuir para a resolução do problema em Cabo Verde.

A quarta Semana Internacional da VBG decorre de 16 a 20 de maio 2022 e propõe debater “Igualdade de Género, Comunicação Inclusiva e Sustentabilidade”. A presidente da associação, Vicenta Fernandes, conta com o engajamento de José Maria Neves, tendo em vista o posicionamento público do Chefe de Estado em relação à problemática da violência baseada no género e as suas repercussões na vida das famílias.

Dez anos após a implementação da Lei VBG, a associação ressalta que relatórios de estudo de avaliação participativa apontam para a necessidade de haver celeridade da justiça, do fundo de apoio às vítimas e das casas de abrigo.