PR enaltece importância de intercâmbios Universitários e intermunicipais para reforço da Macaronésia

5

O Presidente da República, José Maria Neves sublinhou, esta manhã, a importância do programa Campus África da Universidade de la Laguna para o reforço da cooperação entre Cabo Verde e as Ilhas Canárias, em particular no campo da investigação científica, ao mesmo tempo que encoraja o incremento das relações bilaterais entre os poderes locais cabo-verdianos e canarinhos, como forma de reforçar a cooperação no espaço da Macaronésia.

O Presidente Neves visitou, esta manhã, não só a sede do Cabildo de Tenerife (Governo Regional), como também a sede do Ayuntamento (município) de La Laguna e o Instituto Universitário de Doenças Tropicais e Saúde Pública das Ilhas Canárias (IUDTSP), na Universidade de La Laguna, aproveitando para encorajar o Presidente do Ayuntamento de La Laguna, Luis Yeray Gutiérrez Pérez a buscar a cooperação com municípios cabo-verdianos.

Na ocasião, Neves sublinhou a importância do poder local enquanto pedra basilar para a consolidação democrática, daí a sua satisfação por visitar a sede do município.

No dia em que se celebra o dia de Nelson Mandela, Neves recordou o exemplo que Madiba foi e continua a ser para a humanidade e para uma sociedade mais justa, “um farol da humanidade”.

Na visita efetuada ao Instituto Universitário de Doenças Tropicais e Saúde Pública, IUDTSP, na Universidade de La Laguna, nas Canárias, o Chefe de Estado mostrou-se entusiasmado com o que viu, sobretudo, pela possibildade que, graças ao CampusÁfrica, vários jovens cientistas e investigadores cabo-verdianos vêm tendo, desde 2014 a esta parte, de reforçar o seu conhecimento e contribuir para o desenvolvimento de Cabo Verde e das boas relações entre o Estado de Cabo Verde e a região autónoma espanhola das ilhas Canárias.

Não obstante os muitos “constrangimentos” em relação à construção do futuro da Macaronésia, o CampusÁfrica tem sido, considera Neves, aquela luz que mostra que é possível desenvolver ainda mais a Macaronésia.

“A Macaronésia é fundamental, é estratégico”, sublinha o PR. Cerca de 50 cabo-verdianos encontram-se, agora, a participar nas três semanas de seminários do CampusÁfrica, ou a realizar mestrado, ou doutorado em áreas ligadas à investigação na medicina.

Esta tarde José Maria Neves faz as honras da casa, ao presidir a celebração do Mandela Day, inserido na edição do CampusÁfrica 2022, estando prevista uma intervenção do PR em alusão à inspiração que é o legado de Madiba.