PR quer Cabo Verde como pivô na relação tripartida África, Europa e América Latina

8

PR quer Cabo Verde como pivô na relação tripartida África, América Latina e Europa

O Presidente da República, José Maria Neves, acredita que Cabo Verde, conjuntamente com o Brasil, poderá desempenhar o papel de “pivô” no reforço da relação tripartida entre África, Europa e América Latina.

No seu primeiro dia de trabalho na visita de quatro dias que efetua a Brasília, o Presidente Neves foi o anfitrião de um encontro com vários embaixadores de países e instituições acreditados na capital brasileira, para a busca de mais e melhores canais para o reforço dessas cooperações, além de maximizar a utilidade do nosso país nesta dinâmica das relações entre os continentes.

No dizer de José Maria Neves, o encontro “foi para discutir os mecanismos que podemos encontrar para o reforço das relações entre a América Latina e a África, servindo um pouco, Cabo Verde e Brasil, como pontes para o reforço dessas relações. Também esteve presente a União Europeia, no sentido de procurarmos instrumentos inovadores para o reforço da relação tripartida, Europa, América Latina, África, tendo sempre o Brasil como um pivô importante nessas relações. E aproveitamos para discutir como é que Cabo Verde poderá desempenhar um papel pivô nessas relações.

No encontro, que demorou pouco mais de uma hora, onde também esteve presente o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional, Rui Figueiredo Soares, participaram os embaixadores de Angola, o Florêncio Mariano Almeida, de Cabo Verde, José Pedro Chantre D´Oliveira, de Camarões, Martin Mbeng, o embaixador do Gabão, Jacques Bell. Marcaram presença ainda os embaixadores da Guiné-Bissau, M´Bala Alfredo Fernandes, de Portugal, Luís Filipe Melo Ramos, de Timor-Leste, Olímpio Branco, de Moçambique, Gamiliel Munguambe, do Uruguai, Guilherme Valles e da União Europeia, Ignacio Ybañez.

Da parte cabo-verdiana estiveram, ainda, envolvidos, o Chefe da Casa Civil, embaixador Jorge Tolentino, a embaixadora e Conselheira Diplomática do PR, Jaqueline Pires, e o Diretor Nacional do Protocolo do Estado, o embaixador Eduardo Jorge Silva.

Em entrevista à nossa reportagem, o Chefe de Estado Cabo-verdiano perspetivou, ainda, a visita de cinco dias que efetiva ao Brasil (Brasília e São Paulo) e o impacto que poderá ter no incremento da cooperação bilateral.

Veja, na íntegra, a entrevista, aqui no PRTV: