PR insta JPAI a levar preocupações da juventude africana para a agenda internacional

22

O Presidente da Républica, José Maria Neves, desafiou os jovens cabo-verdianos da União da Juventude Internacional Socialista (IUSY), a levarem para a agenda internacional as preocupações da juventude africana, que nem sempre são coincidentes com as dos países desenvolvidos, e cujas organizações juvenis geralmente pertencem a sociedades com outro nível de problemas.

O apelo foi feito durante uma audiência esta quarta-feira, do PR a uma delegação da JPAI, encabeçada pelo seu presidente e recém-eleito vice-presidente da IUSY (União da Juventude Internacional Socialista), Fidel de Pina.

Daí, o Presidente da República ter-se congratulado com a possibilidade de se conseguir trazer o presidium e o congresso da IUSY para a África, e em especial para Cabo Verde, por, neste caso, conferir maior visibilidade à JPAI, ao PAICV e a Cabo Verde.

Nisso, o Chefe de Estado desafia, também, a JPAI a trazer para a África uma agenda com assuntos genuinamente africanos, com destaque para as reflexões sobre os principais desafios da nossa sub-região.

O Presidente da República, citando o Papa Francisco, “Não tenhais medo”, deixou o repto de a juventude ser irreverente, acutilante e persistente na defesa dos seus ideais e na luta pela sua concretização.

A audiência foi uma oportunidade ainda para a JPAI dar a conhecer os temas e as preocupações que fazem parte dessa organização da juventude socialista e também foi aproveitada a , para trazer à tona assuntos da atualidade nacional com implicações na vida da juventude do país.

José Maria Neves foi informado da recente eleição do presidente da JPAI como um dos vice-presidentes da IUSY, bem como o facto de a atual presidente ser uma mulher e africana, da Tunísia.

Por outro lado, mereceu realce a aprovação do português como uma das línguas oficiais da organização. A JPAI manifestou a intenção de envidar esforços no sentido de trazer o congresso da juventude socialista para o continente africano.