Conferência, condecoração e atividades culturais marcam Dia Nacional da Cultura e das Comunidades

16

A Sala Beijing, Palácio do Presidente da República, recebe, às 16h00 desta terça-feira, 17 de outubro, as atividades de celebração do Dia Nacional da Cultura e das Comunidades, promovidas pelo Chefe de Estado, que englobam três dimensões numa mesma sessão, pela seguinte ordem: entrega da insígnia de condecoração ao artista Chando Graciosa, reflexão sobre Mobilidades no séc. XXI: desafios para Cabo Verde e atuações de novos artistas nacionais da música e poesia, que estão a despontar no cenário nacional.

Quanto à referida conferência, esta terá como oradores, a Doutora  Iolanda Évora e o Doutor Pedro Andrade Matos, num debate moderado pela jornalista Rosana Almeida.

Doutora em psicologia social, Évora é investigadora integrada do CEsA (Iseg, Ulisboa), professora do Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional do ISEG e do Mestrado em Estudos Africanos do ISCSP (Ulisboa). Coordenou o recém concluído projeto Afro-Port sobre afro-descendência em Portugal do CEsA, financiado pela FCT.

Pedro Andrade Matos é Pós-Doutor em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável pela Escola Superior Dom Hélder Câmara. Doutorado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerai, possui um Mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. É Graduado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerias. Atualmente leciona na graduação e pós-graduação da Universidade de Santiago – Cabo Verde. Atua em Cooperação Internacional, Desenvolvimento Sustentável e Mudanças Climáticas.

Pretende-se com essa iniciativa valorizar e homenagear aqueles que trilharam o seu caminho, dar oportunidade aos que chegam e, ainda, lançar luzes sobre a necessidade de encontrar soluções sustentáveis para uma mobilidade segura, inclusiva e igualitária para todos.