NOTA DE CONDOLÊNCIAS PELO FALECIMENTO DO CANTOR JORGE NETO É com p…

39

 
 

 

NOTA DE CONDOLÊNCIAS PELO FALECIMENTO DO CANTOR JORGE NETO

É com profundo pesar que recebo a notícia do desaparecimento físico do cantor Jorge Neto. Um Grande. Um bravo. Uma grande perda para a família, para os amigos e para a música e a cultura do nosso país. Desde os finais dos anos oitenta que Jorge Neto tinha irrompido pela cena musical, a partir da diáspora, mais precisamente na Holanda, onde foi a alma e a figura de proa do conjunto Livity. Cedo marcou pelo seu estilo inconfundível e presença em palco, granjeando de imediato uma legião de fãs, quer nas ilhas, quer em vários outros países nomeadamente os de Língua oficial Portuguesa.

Jorge Neto incorporou aquilo a que se poderá chamar o artista total da música moderna cabo-verdiana, ou ‘pop crioulo’, como alguns a designam, feita, sobretudo, a partir da diáspora, no início dos anos noventa. Era de todos conhecido o seu amor pelas ilhas e a total dedicação à sua arte, espalhando o seu estilo e a alegria pelos palcos, com o seu conjunto ou, nos últimos anos, numa carreira a solo. A sua voz fez as delícias de várias gerações, marcando uma fase de transição na música das ilhas, influenciando e abrindo o caminho para outros que se lhe seguiram.
Apesar de debilitado, nos últimos anos Jorge Neto não negava o convívio com os seus admiradores, desdobrando-se em viagens e espectáculos em Cabo Verde e em vários países da nossa diáspora, seguindo o seu mais profundo instinto, o maior dos seus desejos.

Muito teria, por certo, para dar ainda para o engrandecimento da música de Cabo Verde. Fica-nos a sua voz, a sua explosiva alegria, os seus sucessos e o seu estilo inconfundível.

À família enlutada endereço os meus profundos sentimentos de tristeza e de conforto.

JCF