Nota de pesar à família enlutada de Carlos Alberto Lopes Barbosa

25
   

 

Nota de pesar à família enlutada de Carlos Alberto Lopes Barbosa

Praia, 04 de Maio de 2020

Foi com profundo pesar que recebi a notícia do desaparecimento físico do compositor, cantor e escritor Carlos Alberto Lopes Barbosa, ‘Kaká’ Barbosa. Uma grande perda para a família, para os amigos e para a música e a cultura do nosso país.

Destacou-se, igualmente, como um dos fundadores do movimento sindical no país. Mais tarde, já como deputado nacional, pôde dar o seu contributo, seguindo as suas ideias, em duas legislaturas. Mas foi sobretudo na música, na poesia em língua crioula e na prosa que Kaká Barbosa marcou indelevelmente o seu percurso.

É como trovador, intérprete das ansiedades e da vida quotidiana do seu povo, que a sua marca é mais forte. Nas melodias, nas mornas, num sincretismo de estilos que atravessa a música de Cabo Verde. Igualmente nos poemas, que demonstram toda a riqueza lírica do crioulo e que Kaká elevou a um patamar novo, incutindo, também, nelas um sentido crítico e de intervenção social.
Mas também na prosa em língua portuguesa, recuperando um tempo antigo, em memórias, relatos, contos, fazendo a ponte entre gerações e que espelham o interior do país e a cultura mais profunda, mais tradicional, que conheceu na sua juventude.
Membro da Academia Cabo-verdiana de Letras, da Associação Cabo-verdiana de Escritores e do Pen Club de Cabo Verde, músico e compositor admirado pelos seus pares, Kaká Barbosa deixa um legado de imenso valor para as novas gerações.
Ficam-nos a sua voz e a sua obra divulgada pela voz das novas gerações.
À família enlutada endereço os meus profundos sentimentos.

Jorge Carlos de Almeida Fonseca

 

 

A imagem pode conter: 1 pessoa