Mensagem do Presidente da República dirigida ao escritor Mia Couto

20

Praia, 9 de Dezembro 2020

“Caro Mia Couto

Gostaria de lhe expressar a minha satisfação por mais esta distinção na sua carreira literária. Naturalmente que o júri do Prémio Jan Michalski tem bom gosto e usa ajustados critérios, premiando um dos grandes escritores desta nossa língua portuguesa, através desta magnífica trilogia, As Areias do Imperador.
Feliz do país que pode contar entre os seus homens de letras com alguém comprometido com a sua história e fazendo da vivência, dos seus mitos, do dia-a- dia de homens e mulheres que o constroem, o campo de mineração das suas histórias, trazendo-as para as suas páginas, até nós.

Recordo, com amizade e um sentimento de satisfação, o nosso encontro nesta cidade da Praia, há dois anos, e a sala repleta que o esperava para o ouvir. Os cabo-verdianos tiveram essa oportunidade para expressar toda a sua admiração pelo seu trabalho e seguem, estou certo, atentos a esse mundo mágico que continua a trazer, em cada livro que publica.

É um dom raro essa capacidade de construção literária, partindo da oralidade, de crenças, da realidade histórica, como forma de interpretar e dar voz às ansiedades dos povos desse grande país que é Moçambique. Também nosso, também meu.

Parabéns por mais este prémio”.

Os mais cordiais cumprimentos de

Jorge Carlos de Almeida Fonseca