CMP conta com PR para atrair investimentos da Diáspora

43

O Presidente da Câmara Municipal da Praia quer a magistratura de influência do Presidente da República para a mobilização da diáspora cabo-verdiana no sentido de um maior envolvimento e investimento na capital do país. 

Francisco Carvalho fez este apelo, hoje, ao chefe de Estado, durante uma audiência de apresentação dos cumprimentos de Ano Novo. 

“Sensibilizamos, já hoje, neste primeiro encontro, o Sr. Presidente da República no sentido de nos ajudar nesta abordagem, que é deveras importante para Cabo Verde e, neste caso, para o município da Praia, porque vamos contar muito com a nossa diáspora” para investimentos em projetos muito concretos, avançou Carvalho, que apela a uma maior participação dos emigrantes no desenvolvimento da capital do país.

O autarca realça a plataforma para a promoção de investimentos, aprovado em dezembro e que deve ser apresentado ainda este mês no país e depois em algumas cidades fora de Cabo Verde, bem como o Gabinete de Apoio ao Emigrante entre os esforços já empreendidos pela edilidade neste objetivo de promover uma maior integração e melhores respostas às demandas dos emigrantes.

A ideia, conforme Francisco Carvalho, é também criar uma rede de delegações municipais nos principais destinos da diáspora, como Lisboa, Paris, Brockton ou Luanda para quebrar fronteiras territoriais e aproximar a Câmara da Praia aos emigrantes, e vice-versa, fazendo uso das novas tecnologias.

Entre os grandes desafios da capital para este ano, o presidente da Câmara da Praia destaca o saneamento, o acesso à habitação, os cuidados às classes mais desfavorecidas e o desenvolvimento do sector privado, “depois de um trabalho de credibilização desenvolvido durante o primeiro ano do mandato”.