PR felicita e encoraja promotores da Universidade Sénior

17

O Presidente da República felicita os promotores da Universidade Sénior, iniciativa que pretende ser um espaço de aprendizagem, troca, lazer e convívio de pessoas com mais de 60 anos, mas também de interação com os jovens, através de diálogos intergeracionais que permitam a passagem das múltiplas experiências dos sócios veteranos, e não só, que ajudaram a construir Cabo Verde, além de outras trocas.

Depois de apresentar ao Chefe de Estado todo processo de montagem e criação da Uni-Sénior, a presidente da Associação, Crispina Gomes, considerou que ao oferecer atividades académicas, lúdicas e de cidadania aos menos jovens a universidade estará a quebrar barreiras e permitir a esses beneficiários retomar a vida que, de certa forma, foi interrompida após o ciclo laboral.

A Uni-Sénior pretende oferecer “cursos” que abarcam áreas que vão, das línguas à literatura, e poesia, história, geografia, filosofia, sociologia e psicologia, às TIC, economia, política.

O projeto quer também promover painéis, para abordagens de temas ligados ao papel da universidade e de interesse para as diferentes camadas sociais, viradas para a saúde, educação, urbanismo, cidadania, violência e prevenção, valores éticos e filosóficos, entre outros. Para já, ministra um curso de culinária para diabéticos ou pessoas interessadas na prevenção da doença e perspetiva abranger, em breve, atividades voltadas para música, canto e dança.