Assomada recebe “Baskudja Identidadi” em atividade descentralizada da Semana da República

3

O auditório da Universidade de Santiago, na Cidade de Assomada, foi pequeno hoje para receber tantos munícipes, familiares, amigos e amantes da literatura que acorreram ao lançamento da obra “Baskudja Identidadi”, de Crisálida Correia”.

O ato, que contou com a presença do Chefe de Estado, foi uma faceta da dimensão cultural e uma das atividades descentralizadas da Semana da República, promovida pela Presidência da República. Toda a receita das vendas dos livros será canalizada para projetos sociais, em benefício de diferentes comunidades de Santa Catarina.

O livro, contou a autora, foi à procura da essência do povo cabo-verdiano que, pela sua riqueza inerente, mesmo quando desprovido de qualquer recurso, deve ser mesmo um caso de estudo. “Isso deve ser valorizado e preservado”, sublinha.

A apresentação da obra, patrocinada pela Presidência da República, esteve a cargo de Augusta Teixeira e Ricardo Fidalgo.

Resumindo, um livro altamente recomendado, apresentado de forma sublime, ao Finason da Odete de Fontiana, que esteve ladeada das filhas batucadeiras, e recitação de poemas da autora.

Mana Guta ressaltou a riqueza da obra, escrita em duas línguas, que mergulha no mundo feminino do interior de Santiago, sendo o homem também parte, para fazer emergir toda força da mulher cabo-verdiana, sob os diferentes géneros literários.

Já o apresentador destacou a procura da autora pelas raízes mescladas e profundas da cultura e identidade cabo-verdiana, sempre em dicotomia – mulher do campo e da cidade, entre tradição e modernidade.