PR destaca papel da RCV na preservação da memória coletiva nacional

20

De visita à RCV, o Presidente da República destacou o papel extraordinário que a estação pública vem desempenhando, tendo sido um importante instrumento da construção do país enquanto Nação depois da independência.

Na RCV, recorda o Chefe de Estado, está uma parte importante da memória do país. Um acerco que o Chefe de Estado se prontificou a ajudar a preservar apoiando na mobilização de parceiros para o projeto de digitalização dos arquivos existentes, entre outras possíveis cooperações também com emissoras congéneres no exterior.

José Maria Neves considera a rádio um dos instrumentos mais vigorosos para a afirmação das liberdades e consolidação da democracia, através de uma opinião pública forte, autónoma e também para a construção e vigor intelectual do país.
Numa entrevista em direto no Jornal das 10h00, José Maria Neves considerou que a RCV tem sabido adaptar-se e adequar-se aos novos tempos e mitigar os “efeitos perniciosos” das redes sociais.

O encontro com o Conselho de Administração e o com o Diretor Substituto da RCV foi uma oportunidade para o Presidente da República inteirar-se dos ganhos, mas também dos atuais desafios da empresa, dos quais se destaca a sustentabilidade financeira para permanente inovação tecnológica, alargamento da rede de correspondentes e as demandas em termos de Recursos Humanos.

O Chefe de Estado incentiva a empresa a sair do convencional e abraçar novas plataformas como meio para rentabilizar conteúdos e diversificar o seu financiamento.