‘Precisamos Cumprir a Promessa de Desenvolvimento do Continente”

5

O Presidente da República lançou, quinta-feira, 22, este grande apelo aos Chefes de Estado e de governos, representantes de organismos, entre outras altas entidades e lideres africanos, que se encontram reunidos em Luanda, na 3ª Bienal para a promoção da Cultura de Paz e de Não Violência , sob o lema “Educação, cultura de paz e cidadania africana como ferramentas para o desenvolvimento”.

Ao interagir com os jovens de vários países africanos, presentes no Diálogo Intergeracional sobre “Educação, Cultura de Paz e Cidadania Africana como ferramentas para o desenvolvimento sustentável do continente”, José Maria Neves defendeu políticas públicas criativas e inovadoras, além de fortes investimentos na maximização do ensino e do desporto, para desenvolver todas as capacidades e os talentos existentes, particularmente entre os jovens, e colocá-los ao serviço do continente.

José Maria Neves partilhou o Painel de Alto Nível, Diálogo Intergeracional, com os Chefes de Estado João Lourenço (Angola), Sahle-Work Zewde (Etiópia), Carlos Vila Nova (São Tomé e Príncipe), além do Presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahmat, e dos Antigos Presidentes da República Oleguson Obasanjo (Nigéria), Kgalema Motlanthe (África do Sul), Joaquim Chissano (Moçambique), Joyce Banda (Malauí).

A participação do Presidente da República na Bienal de Luanda para a Promoção da Cultura de Paz e de Não Violência está a ser, assim, um momento de importantes contatos com homólogos e outros antigos governantes de África.