Fogo: PR reforça apelo para 3ª dose contra Covid-19

11

O Presidente da República lançou, hoje, a partir da ilha do Fogo, um forte apelo à população cabo-verdiana, no sentido de aderir à dose de reforço da imunização contra a Covid-19, para que o país possa debelar, definitivamente, a doença e retomar a normalidade económica e social.

 “Neste momento, praticamente, não temos casos a nível nacional, mas é importante debelarmos definitivamente a Covid-19 em Cabo Verde, e as pessoas têm agora nas suas mãos esta possibilidade” enfatizou José Maria Neves, lembrando que o Estado já fez a parte que lhe cabe neste processo.

“O governo mobilizou testes, mobilizou vacinas, mobilizou mais médicos e mais enfermeiros para esta tarefa gigantesca que é o combate à pandemia, e agora, para termos a retoma da vida normal e da economia, é preciso que as pessoas contribuam para, definitivamente, debelarmos a doença, e a melhor forma é Vacinar”, apelou o mais alto magistrado da nação.

PR louva trabalho dos profissionais de saúde do Fogo

Depois da visita, esta manhã, à Delegacia de Saúde e ao Hospital Regional, o chefe de Estado mostrou-se agradavelmente surpreso com a qualidade e o nível de conservação e gestão das das infraestruturas,  e felicitou os profissionais e dirigentes pelo “extraordinário trabalho que têm levado a cabo no combate à pandemia da Covid-19.

Neste momento, conforme os dados apresentados pela Delegacia de Saúde, a ilha do Fogo não tem nenhum caso activo de Convid-19 e 99 porcento da população elegível já recebeu a primeira dose da vacina, estando a segunda dose a rondar os 90% . O desafio coloca-se, agora, ao nível da terceira dose, que está abaixo dos 20%. Daí que  é importante que o país consiga mobilizar a sociedade para a terceira dose.

“É preciso que todos tomemos consciência que não só o combate à Covid-19, mas o desenvolvimento de Cabo Verde depende de cada um de nós”, sublinhou José Maria Neves pontuando que “o meu grande objetivo neste momento é retirar o foco do Estado e colocar o foco na sociedade e nos cidadãos”.

“Eu costumo dizer que os governos não escolhem as sociedades, as sociedades é que escolhem os governos, e as sociedades é que têm globalmente responsabilidades na dinâmica de crescimento e de desenvolvimento, no (caso o) combate à Covid-19. Portanto, está nas cabeças das pessoas”, referiu o Chefe de Estado lembrando que as pessoas são livres mas “temos que saber exercer essa nossa liberdade para protegermos e cuidarmos de Cabo Verde”, num claro apelo à toma da dose de reforço de vacinação contra a Covid-19.

Prosseguindo a agenda da visita ao Fogo, enquanto Presidente de Honra do centenário de São Filipe, José Maria Neves encontra-se, esta tarde, com os alunos do 11º e 12º anos do Liceu de Ponta verde, para depois participar no Colóquio sobre a Língua materna, a ser promovido pela Presidência da República na Casa da Memória.