PR faz um Veemente Apelo ao Diálogo e à Paz

21

O Presidente da República disse que Cabo Verde sempre defendeu o respeito pelo Direito Internacional e, consequentemente, pela soberania dos Estados e pela integridade territorial dos mesmos. E que, por isso mesmo, desde o primeiro momento, condenou inequivocamente a invasão russa da Ucrânia e acompanhou a comunidade internacional na solidariedade para com o povo ucraniano. O Chefe de Estado admite, ainda, que a Guerra possa vir a durar, tendo em conta os contornos que assumiu desde que eclodiu há uma semana.

Em entrevista à RCV na noite desta terça-feira, 02, José Maria Neves diz recear que este conflito vá transformar-se numa crise económica global, afetando de forma mais direta os pequenos estados insulares em desenvolvimento, que são os mais vulneráveis a choques externos.

Em decorrência e pelos impactos já sentidos pelos sucessivos anos de seca e da pandemia, o Chefe de Estado alerta que o país deve preparar-se para tempos mais difíceis.

Nesta entrevista à RCV, o Presidente da República encoraja o país a continuar a procurar o alívio da dívida pública junto dos credores, apesar das dificuldades que o contexto internacional possa criar, e fez um veemente apelo ao diálogo e à paz, como únicas vias para a resolução do conflito.