PR faz balanço do Primeiro Ano de Mandato

8

No dia 9 de novembro próximo, Sua Excelência o Presidente da República completa o primeiro ano do mandato, após merecer a confiança do povo cabo-verdiano, expressa nas eleições de 17 de outubro de 2021.

A ocasião revela-se um momento oportuno para o Chefe de Estado fazer um balanço dos caminhos já trilhados face aos compromissos selados com as populações, nas ilhas e espalhadas pela vasta diáspora cabo-verdiana, de ser “um Presidente da República que une, cuida e protege. Um Presidente positivo, empenhado em levantar a alma e o espírito da Nação”, que vem dialogando com o governo e demais órgãos de soberania, partidos políticos, organizações não governamentais, sociedade civil, tentando construir as pontes necessárias em prol da nação. Compromissos esses que se renovam a cada amanhecer desde a investidura no cargo a 9 de novembro do ano transato, data em que reiterou dedicar todas as suas capacidades e energias ao melhor desempenho do mais alto cargo da República.

Neste quadro, a Presidência da República convida, por esta via, os Órgãos de Comunicação Social a participar numa Conferência de Imprensa, a ser proferida pelo Chefe de Estado no dia 11 de novembro, às 09H30, na Sala Beijing do Palácio da Presidência. Depois de uma intervenção inicial, o Mais Alto Magistrado da Nação estará disponível para responder às perguntas que os jornalistas considerarem pertinentes.

Recorda-se que José Maria Pereira Neves venceu as eleições Presidências de 17 de outubro de 2021, à Primeira Volta, com 51,7% dos votos validamente expressos. Foi empossado no cargo a 9 de novembro de 2021, em Sessão Especial de Investidura da Assembleia Nacional, perante a classe política nacional, altas individualidades do Estado, do sector privado e da sociedade no geral, Corpo Diplomático e Chefes de Estado de países amigos, nomeadamente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, de Angola, João Lourenço, da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, do Senegal, Maky Sall e do Gana, Nana Akufo-Addo. Estiveram, ainda, presentes representações dos Estados Unidos da América, França, GuinéEquatorial, São Tomé e Príncipe, a CPLP e a CEDEAO.