Unilab quer contar com mais estudantes cabo-verdianos

14

O Presidente da República acaba de receber em audiência o Reitor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), que se encontra no nosso país para reforçar a sua cooperação com universidades nacionais (Uni-CV e Uni-Santiago) e, mais do que isso, “ratificar o compromisso com a educação e com a formação de quadros” ao nível dos PALOP e, mais concretamente Cabo Verde, sublinhou ao Chefe do Estado o Reitor daquela universidade, o Professor Doutor Roque do Nascimento Albuquerque. A Unilab oferece, desde a sua fundação em 2010, 140 vagas anuais gratuitas para estudantes cabo-verdianos.

Entretanto, lamenta, a procura não tem sido tanta, sendo que atualmente a escola acolhe 30 alunos cabo-verdianos e já formou mais de 90 quadros das Ilhas e que, constatou com satisfação, estão bem enquadrados nas mais diversas áreas e funções, tanto no privado quanto no Estado.    

Contudo, para as vagas recentemente abertas no curso de medicina, apenas 20 cabo-verdianos se inscreveram, “esperávamos mais dez vagas, é um curso totalmente gratuito”, sem contar que os estudantes cabo-verdianos podem concorrer, estando no Brasil, a bolsas de pesquisa. Esta fraca adesão  leva aquele responsável a concluir que “se calhar” é preciso divulgar mais a Unilab e os seus cursos em Cabo Verde.

A Universidade oferece dezenas de cursos aos mais diversos níveis, incluindo mestrados e doutorados, sendo que atualmente estão inscritos 30 cabo-verdianos, em áreas como Engenharia, Energias Sustentáveis, Agronomia e outras áreas de interesse nacional.   

Assim, o Professor Alburquerque manifestou ao PR a vontade em reforçar a cooperação com Cabo Verde, assim como outras instituições, sobretudo em medicina, com oportunidade dos estudantes nos cursos nas Ilhas poderem fazer estágios (internatos) e especializações.

“Sempre temos vagas para cabo-verdianos, porque a Unilab tem como foco a relação Sul-Sul, os PALOP, a CPLP, incluindo Timor-Leste, e nós não podiamos deixar de renovar o nosso interesse e dizer que continuamos comprometidos com a formação de quadros aqui de Cabo Verde e dos demais países falantes de língua portuguesa de África.

Obtenha mais informações sobre a universidade no seu site oficial https://unilab.edu.br/