Caso do Níger acrescenta perigo para a estabilidade na CEDEAO

6

É o quarto país da CEDEAO, nos últimos tempos a passar por um golpe de Estado, “isto está a tornar-se muito grave e Cabo Verde junta a sua voz aos outros países na CEDEAO e ao continente africano, no sentido de apelar para que haja reposição da ordem constitucional e o retorno dp presidente Basoum ao Palácio e, sobretudo, que neste momento a integridade física do Presidente, da sua família e dos seus colaboradores seja preservada”, referiu esta quarta-feira, à entrevista da Inforpress.

O PR Neves acompanha com muita preocupação a situação, desencorajando, para já, qualquer intervenção militar que, segundo ele, poderia agravar ainda mais a situação naquele país.

Oiça as reflexões do PR sobre o tema, aqui: